NOTA OFICIAL: Em respeito aos que acreditam numa nova política.

NOTA DE DESFILIAÇÃO DO PARTIDO VERDE – 06/02/2013

Em respeito aos que acreditam numa nova política.

Respeito. Essa é a motivação que fundamenta minha decisão oficial de me afastar do Partido Verde na data de hoje, quarta-feira, 06/02/2013.

1-    Em respeito aos meus princípios, que não se subordinarão a um jogo político fisiológico e negociável, distante da discussão e do debate saudável pelo melhor da nossa sociedade;

2-    Em respeito a minha capacidade e dignidade, que foram subestimadas durante os três meses de campanha eleitoral, no qual fui coagido a – primeiro – não ter a candidatura, após – ser substituído por outro candidato, e finalmente – ser expulso do partido;

3-    Em respeito à democracia, que não foi respeitada, tendo em vista meu afastamento imediato das participações e atividades do partido na cidade logo após o fim das eleições, chegando ao ponto de ser excluído da página oficial do partido no Facebook para não ter conhecimento das reuniões e atualizações do partido;

4-    Em respeito aos meus apoiadores e eleitores, que esperam meus projetos futuros para a política e cidade, e não entendem como o seu candidato pode estar “engessado” e “congelado” da atuação do Partido Verde na cidade após uma campanha pautada na mobilização social;

5-    Em respeito aos 823 votos obtidos em 2012, que devido a sua expressividade, apesar de não caracterizarem uma vitória nas urnas, representaram – certamente – uma vitória política;

6-    Em respeito ao próprio Partido Verde, que após aproximadamente dois anos filiado me fez evoluir enquanto pessoa e político – e ao qual sou muito grato por me dar a possibilidade de deixar meu nome na história de seus quadros, sendo o candidato mais votado da história do PV no município de São Vicente;

7-    Em respeito às lideranças verdes municipais, que não contam comigo e não me vêm como parte de seus projetos e planos futuros para os seus quadros partidários;

8-    Em respeito à sociedade vicentina, que merece expandir suas possibilidades de atuação política, ampliando as formas de democratização partidária, participação e controle social, e inovação na gestão pública com trabalho em rede.

Por fim, gostaria de salientar que no Partido Verde fiz muitos amigos e construí uma história jovem e curta, porém intensa e vitoriosa. Existem certos momentos que precisamos tomar decisões irreversíveis, este é um deles. Sempre resolvo meus problemas políticos com uma palavra: democracia. E, nesse caso, a democracia partidária não foi respeitada, minha voz foi silenciada, e despeço-me, sem mais constrangimentos, em busca de um espaço político mais democrático.

Posto isso, encerro esta nota com uma frase histórica de Jean-Paul Sartre que muito simboliza este momento: “O importante não é aquilo que fazem de nós, mas o que nós mesmo fazemos do que os outros fizeram de nós.”

A mudança AINDA passa por todos nós.

Kayo Amado, um sonhador declarado que – certamente – não está sozinho no mundo, 06/02/13.

PV apoia protesto político de Hackers em seu site oficial

Gostei da atitude do Partido Verde que agiu combom senso e apoiou a manifestação de hackers que invadiram seu site para protestar contra a decisão do TSE que permitiu que candidatos que tiveram as contas rejeitadas em campanhas anteriores, ou seja, contas sujas, se candidatassem nas eleições de 2012.

Porém, incito que os partidos políticos poderiam – sim – limitar em seus estatutos às possibilidades dos “contas sujas” candidatarem-se por eles. Seria uma forma de controle por uma política mais moralizada e iria ao encontro dos interesses da população.

Parabéns ao PV por apoiar a causa, e não bater de frente com a manifestação, apesar da invasão. Mas, já que o PV mostrou-se interessado na causa, o próximo passo seria barrar os contas sujas, que tal?

Imagem

Hackers invadem site do PV para fazer protesto político

17 de julho de 2012

Um grupo já conhecido de invasores de espaços virtuais fez uma ação no site do PV na noite desta segunda-feira (16) para dar visibilidade à uma causa há muito tempo defendida pelo Partido Verde: a ficha limpa. A mensagem deixada pelo grupo é contra a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que permitiu aos candidatos com contas rejeitadas em campanhas anteriores que se candidatem ao pleito de 2012. O Partido Verde concorda com o teor do protesto e até autorizaria a divulgação. O PV adotou o “Ficha Limpa”, transformando-as em regras estatutárias, sendo o único partido com este procedimento. Para embalar a campanha dos hackers, oficializamos a publicação da mensagem.

Confira no Link: http://pv.org.br/2012/07/17/hackers-invadem-site-do-pv-para-fazer-protesto-politico/