#OcupeAPolítica

CRIMINALIZAÇÃO DA ATIVIDADE POLÍTICA

“Todos são iguais”/ “São tudo uns lixo”/ “Farinha do mesmo saco”/ “Bando de ladrão”/ “Todos querendo roubar o povo”

odeio-politica

Nessas últimas semanas nossa pré-candidatura a prefeito de São Vicente começou a ser citada em diversas enquetes autorais criadas por páginas independentes no Facebook.

Com isso, para além de apoios que recebemos ao nosso projeto político em construção de muitos amigos, também pudemos medir o grau de insatisfação, desesperança e desconfiança dos cidadãos que se manifestaram sobre a política.

Muitos dos candidatos apresentados na enquete, sim, são figuras tradicionais e já bem “rodadas e desgastadas” do cenário político. Porém, eu, NÓS, nossa pré-candidatura, NÃO!

71f62f09d6da368d45e3ae0ee89f1bd4Queremos construir algo novo, propor a possibilidade da participação das pessoas no processo político, com engajamento e transparência. Tenho 24 anos, uma trajetória política de estudo de Gestão Pública/ Ciência Política e mobilização ética, coerente, verdadeira e sustentável desde os 17.quem são os adventistas nominais

Sabe o que pude ver? Diversas pessoas – e eu posso entender e tentar compreender sua insatisfação – me chamando de ladrão, lixo, bandido, safado…

Eu, que busquei entrar na política por ver esse cenário corrompido e ainda assim enxergar esperança, vejo pessoas – tão cidadãs quanto eu – me colocando em posição de igualdade com algumas pessoas que possivelmente não fizeram coisas tão boas pela cidade e, assim, me julgando, condenando e sentenciando publicamente, sem ao menos conhecer minha história, minhas causas, bandeiras e proposições.

O meu único erro foi, sim, ter dado a cara a tapa e me colocado à disposição, enquanto pré-candidato a prefeito, de auxiliar no processo de transformação da sociedade. Sim, sou político! Todos somos atores políticos. Mas, por assumir que faço política, sim, acabei criminalizado.

Como disse Martin Luther King: “O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética… O que me preocupa é o silêncio dos bons.”

E é por isso que eu vou lutar, e nadar contra a corrente, o quanto necessário for, para melhorar a qualidade da nossa política e engajar mais pessoas e mais jovens desacreditados, no processo político. #OcupeaPolitica

A mudança passa, SIM, por todos nós.
Kayo Amado.

20140414_omundomuda

Assista: Kayo fala sobre a criminalização da atividade política em evento de formação para pré-filiados da Rede Sustentabilidade na cidade de Santos em 19/03/2016.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s